segunda-feira, 21 de maio de 2012

O JOGO NA VISÃO DE CELSO ROTH

Depois de quatro dias de treinamentos, Celso Roth estreou pelo Cruzeiro com empate sem gols diante do Atlético-GO, em Uberlândia. O resultado não satisfez o treinador. No entanto, o novo comandante celeste deixou o estádio com o “alento” da postura da equipe em campo.

Roth elogiou a atitude da equipe ao longo da partida. O treinador destacou que o empate, apesar de ter sido como mandante, interrompeu uma série de quatro derrotas. “Hoje já demos o primeiro passo, um jogo difícil, complicado. A responsabilidade de ganhar era do Cruzeiro, contra um time que joga junto há quatro anos, com treinador que já tem bagagem. Nós nos portamos bem, é por aí, é início de um caminho. Não estou satisfeito, mas nos dá um alento”, analisou.

“Fiquei feliz com aplicação do time do Cruzeiro. Estávamos correndo de forma errada, mas nos dedicando. Depois que acertamos a marcação, o time melhorou. No segundo tempo, melhorou mais ainda. Temos coisa a acertar, mas dedicação e entrega foram positivas”, acrescentou.

No seu primeiro jogo à frente do Cruzeiro, Roth escalou apenas Wellington Paulista no ataque, enquanto cinco jogadores atuaram no meio-campo. Para o treinador, depois de que o volante Everton foi sacado para a entrada do atacante Anselmo Ramon, a equipe evoluiu.

Porém, Celso Roth ressaltou que a expulsão de Anselmo Ramon, aos 30 minutos do segundo tempo, deixou o Cruzeiro distante de um triunfo. “A gente nunca planeja um empate, ainda mais em casa, mas, pelas circunstâncias, o desequilíbrio que o Cruzeiro vem, a lesão do Alex, uma expulsão, substituição técnica, a gente não pode ficar feliz com resultado, mas poderia ter sido pior”, comentou.

“O Cruzeiro mostrou algumas coisas, no segundo tempo melhoramos bem. Melhoramos mais ainda com a substituição, mas tivemos uma expulsão. Como é o jogo de futebol, o Atlético veio com dois ou três atacantes, acertamos a marcação e não aconteceu nada. Oportunidades de gol, quem teve foi o Cruzeiro, mas, infelizmente, não conseguimos”, complementou.

Com um ponto somado em casa, o Cruzeiro tentará a primeira vitória sob o comando de Celso Roth longe de seus domínios. No próximo sábado, às 21h, a Raposa enfrenta o Náutico, no Recife.

FONTE: SUPERESPORTES

3 comentários:

Anônimo disse...

Jura que teve evolução?Jura que melhorou algo? Na boa Roth so to feliz porque com você não vamos cair, não vamos ganhar nada também se quer no maximo ficar entre os 10 primeiro pra classificar pro torneio serie B da antiga Mercosul!Mas dos males os piores porque se você ficar ai ano que vem, manda todos jogadores embora, vende empresta sei lá, deixa apenas o Fabio o resto faz um time novo porque desse ai não se pode aprofeitar ninguem(tirando os dois novos volantes que você contratou, se for da mesma barca rapa fora se não pode ficar. Celso Roth quem diria o salvador da patria do Cruzeiro, tente pelo menos não perde de muito contra Santos,São paulo, Gremio, Inter, Corinthias, Fluminense e Vasco porque o resto sei que vamos ganhar porque tem alguns piores que a gente.

noktal disse...

A na boa fico triste pelo cruzeiro nao ter feito um bom jogo, e pelo burro do A.R e pela incompetencia do marcos... mas vamos ver o lado bom, pra 3 dias de treino, o cara acertou a defesa, acho que com mais tempo e com mais raça (e dois laterias e claro) vamos voltar a disputar algo. Vamo cruzeiroooo to com vc em todos os momentos >.<

João Vitor Viana disse...

Receio que com Mancini o time perderia. Melhorou porque não perdeu. Mas tem muita coisa a acertar. Primeiramente as laterais. Depois quanto ao esquema. WP com alguém já não faz nada, ainda mais sozinho...