quarta-feira, 16 de abril de 2014

DIA DO CRUZEIRO SER CRUZEIRO

POR: RAPOSO SENSATO

Sempre bato na tecla do Cruzeiro ser Cruzeiro.

E por que faço isso?

Porque alguns jogadores, às vezes, se esquecem.

Alguns esperam a poeira subir para se mostrarem.

E, às vezes, é tarde.

Quase foi na primeira fase da Libertadores. 

Fomos nós poucas vezes.

Hoje é dia.

Dia de ser Cruzeiro.

De mostrar que a "Bestia Negra" reina no Mineirão.

Que não é um time paraguaio que vai vir aqui nos desbancar.

Com respeito ao time do Arce, um cara legal demais, mas aqui é Cruzeiro.

Já tive a oportunidade de conversar com o Arce e ele sabe que o jogo de hoje não é fácil.

Sabe tudo do Cruzeiro e até duvida dos desfalques.

Acompanha o Cruzeiro desde o ano passado.

Sabe a tática.

Mas como ele mesmo me confessou, não basta conhecer, o jogo é jogado.

E como é jogado, o Cruzeiro tem que saber jogar.

É preciso ter espírito de Libertadores.

É preciso lembrar que o pior está por vir, não passou.

Cada jogo é uma decisão e cada decisão ficará mais difícil.

Hoje é só a primeira. 

Dia 30 tem mais, contra o próprio Cerro, em Assunção.

Que hoje façamos um bom jogo, que ganhemos.

Que consigamos anular Guiza, Angel Romero, Oscar Romero e Julio dos Santos.

Que consigamos vencer a zaga paraguaia e o goleiro adversário.

Para isso, precisamos ser Cruzeiro acima de tudo.

ÔNIBUS AO TORCEDOR!

A BHTrans disponibilizará serviço especial de ônibus executivos para o torcedor cruzeirense nesta quarta-feira, na partida entre Cruzeiro e Cerro Porteño, às 22h, pela Copa Libertadores da América. As passagens custam R$ 15, ida e volta, e devem ser compradas durante o dia, até as 17h de quarta, no posto Transfácil da Savassi, na rua Professor Morais, 216.

Os veículos disponibilizados possuem ar condicionado, televisão e internet wi-fi. Os ônibus seguem pela busway da avenida Antônio Carlos, sem paradas no trajeto da Savassi até o Mineirão. O torcedor ganhará um cartão que poderá ser utilizado posteriormente, fazendo a recarga dos créditos.

Não haverá venda de bilhetes no local de embarque. O serviço da Linha Executiva não contará com a gratuidade. Apenas crianças menores de cinco anos, no colo, poderão viajar gratuitamente. Serão disponibilizados 11 ônibus executivos para o serviço.

Saída:
Rua Paraíba, entre rua Antônio de Albuquerque e avenida Getúlio Vargas. As partidas acontecerão às 20h, 20h30 e 21h.

Retorno:
Após o jogo. Avenida Antônio Abraão Caram a poucos metros do Mineirão, entre Avenida “C” e portaria da UFMG, sentido Avenida Antônio Carlos. Os embarques iniciarão 30 minutos após o fim da partida.

Serviço especial convencional


Haverá reforço na oferta de ônibus do serviço convencional de Belo Horizonte na área central da cidade. Oito ônibus sairão da rua Rio Grande do Sul, entre Tamoios e Tupis, a partir das 19h. O preço da passagem é R$ 2,65 e o pagamento poderá ser feito também com o Cartão BHBUS.

Além do serviço especial, as seguintes linhas do transporte coletivo também atendem ao Mineirão:

- 2004 (Bandeirantes /Pilar via Olhos D’água);
- 5401 (São Luiz /Dom Cabral);
- 64 (Estação Venda Nova /Santo Agostinho via Carlos Luz );
- Circulares 503 e 504 (Santa Rosa /Aparecida /São Luís);
- Suplementares 51 e 52 (Circular Pampulha), 53 (Confisco /Pampulha /São Gabriel), 54 A e 54 B (Dom Bosco /Shopping Del Rey).

COMENTÁRIO
Torcedor, não deprede o ônibus! Vá ao campo para torcer e diga não ao vandalismo.

CAMISA NOVA "NO FORNO"

O Cruzeiro já tem data marcada para lançar seu uniforme para a disputa do Brasileiro. Será em 25 de abril, sexta-feira. A estreia da nova camisa será contra o São Paulo, pela segunda rodada do Brasileirão, no Parque do Sabiá.

Desta forma, o clube celeste só jogará com a atual camisa em mais uma oportunidade: contra o Bahia, na estreia do Campeonato Brasileiro, em Salvador. A Raposa já utiliza um outro uniforme exclusivo para a disputa da Libertadores.

De acordo com o diretor de marketing Marcone Barbosa, a camisa do Brasileirão seguirá uma linha mais tradicional do clube, com as estrelas soltas. Ao contrário da blusa de 2013, a deste ano não terá tantos detalhes em branco.

”Será um material mais clean, tradicional, respeitando a origem do clube, com as estrelas soltas”, disse o dirigente à reportagem.

Patrocínio

O novo modelo, produzido pela Olympikus, terá os patrocínios de BMG e Guaramix. As três empresas têm contrato com o Cruzeiro até dezembro deste ano. Já a AngaPrev, que ficava na parte de trás da camisa, abaixo do número, teve seu vínculo encerrado após o Campeonato Mineiro e não terá mais sua marca estampada no uniforme celeste.

RESUMÃO DE QUARTA

MARCELO RELACIONA 19 E MORENO FICA DE FORA
O técnico Marcelo Oliveira divulgou, no fim da tarde desta terça-feira, a lista de relacionados para a partida contra o Cerro Porteño, nesta quarta, às 22h, no Mineirão, pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. O provável Cruzeiro para encarar o Cerro Porteño tem Fábio, Ceará (Mayke), Dedé, Bruno Rodrigo e Samudio; Henrique e Lucas Silva; Everton Ribeiro, Willian, Júlio Baptista e Borges (Elber ou Marlone).

Jogadores convocados para a partida contra o Cerro Porteño:

Goleiros: Elisson e Fábio
Laterais-direitos: Ceará e Mayke
Zagueiros: Bruno Rodrigo, Dedé e Léo
Laterais-esquerdos: Egídio e Samudio
Volantes: Henrique, Lucas Silva, Souza e Tinga
Meias: Elber, Everton Ribeiro, Júlio Baptista e Marlone
Atacantes: Borges e Willian

DAGOL E GOULART FORA!
O Cruzeiro terá dois desfalques importantes para o primeiro jogo das oitavas de final da Copa Libertadores da América. Os atacantes Dagoberto e Ricardo Goulart estão fora da partida de hoje. Dagoberto sofreu uma lesão muscular na coxa direita e já iniciou tratamento no departamento médico. O clube não divulga o tempo previsto de recuperação do jogador. Já Ricardo Goulart não sofreu lesão, mas sente dores na coxa e também está fora da partida. A primeira opção do técnico Marcelo Oliveira para substituir Dagoberto é Willian. Já a vaga de Ricardo Goulart é disputada por vários jogadores. Existe a possibilidade de Borges ser escalado como centroavante e Júlio Baptista ser recuado. Outras opções são Elber e Marlone.

36 MIL PESSOAS GARANTIDAS!
O Cruzeiro receberá o apoio de sua torcida na partida contra o Cerro Porteño. Até a noite desta terça, mais de 36 mil torcedores já haviam garantido entrada no duelo. Desses, 20.030 compraram ingressos, sendo 15.266 pela internet e 4.764 nas bilheterias. Os demais são sócios do futebol com cadeira reservada no Mineirão. A venda prossegue nesta quarta-feira, pela internet e nas bilheterias.

Pontos de venda nesta quarta-feira, dia do jogo (16/04):

Ginásio do Barro Preto: 10h às 15h
Bilheteria Norte do Mineirão (torcida do Cerro): 10h até 10 minutos do segundo tempo
Bilheteria Sul do Mineirão: 10h até 10 minutos do segundo tempo

Preços dos ingressos

Superior Oeste – Setor Roxo (Portão A): R$ 120 (torcida do Cerro)

Superior Oeste – Setor Roxo (Portão B): R$ 120

Superior Sul – Setor Amarelo (Portão C): R$ 80 – ESGOTADO
Inferior Sul – Setor Amarelo (Portão C): R$ 50 – ESGOTADO

Superior Leste – Setor Vermelho (Portões D e E): R$ 100
Inferior Leste – Setor Vermelho (Portões D e E): R$ 130

Superior Norte – Setor Laranja (Portão F): R$ 80
Inferior Norte – Setor Laranja (Portão F): R$ 50

Cadeiras Premium: vendidos pela Minas Arena pelo site www.mineiraopremium.com.br

Cadeira Especial Oeste – Setor Vermelho (Portão E): R$ 150
Cadeira Especial Oeste – Setor Roxo (Portão B): R$ 170
Cadeira Vip – Setor Roxo (Hall): R$ 180
Cadeira Vip Superior – Setor Roxo (Hall): R$ 200

terça-feira, 15 de abril de 2014

KALIL, AGORA SIM TÁ EXPLICADO!

AGORA ENTENDI... FOI PEGADINHA DO MALLANDRO!!!

E AGORA???


E AGORA? O TIME DE VOCÊS VAI DEVOLVER O DINHEIRO? AFINAL, PAGARAM NUMA OFICIAL E LEVARAM O PRODUTO FALSIFICADO...

DENÚNCIA: PADRÃO FIFA O ESCAMBAL!

video
SE VOCÊ TAMBÉM SE REVOLTA COM ESSE TANTO DE IMPEDIMENTOS QUE ESTÃO FAZENDO NO MINEIRÃO, COMPARTILHE ESSE POST! É SIMPLESMENTE RIDÍCULO O QUE ESTÃO FAZENDO. A LIBERDADE DO SER HUMANO É OBSTRUÍDA POR UMA ENTIDADE DE BANDIDOS!

SEQUÊNCIA BOA


Se o goleiro Fábio não levar nenhum gol contra o Cerro Porteño-PAR, na noite desta quarta-feira, no Mineirão, o capitão celeste igualará uma marca histórica. A equipe celeste está há quatro jogos sem ser vazada (Universidad de Chile, Atlético-MG, Real Garcilaso e Atlético-MG). Caso o time paraguaio não balance as redes, o goleiro vai repetir sua maior sequência debaixo das traves do Cruzeiro, que foi em 2012, quando a equipe comandada por Adílson Batista ficou cinco jogos sem sofrer gols.

Fábio não sabia da marca que pode alcançar contra o Cerro Porteño, nesta quarta-feira, no Mineirão, às 22h (de Brasília), pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores. O goleiro acredita que o período sem levar gol dá confiança para o sistema defensivo e para a equipe como um todo. O capitão celeste dividiu o mérito com todo o time comandado por Marcelo Oliveira.

- É sempre bom não tomar gols, a gente sempre busca alcançar esses reconhecimentos. Agora esse número é novidade, eu não sabia, até porque não me atenho muito a isso. Sabemos que é difícil, e não depende só de mim não tomar gol, mas sim do grupo todo, cada um fazendo a sua função concentrado em todos os aspectos, para que não sejamos pegos de surpresa. Ficar esse tempo todo sem tomar gol concretiza o trabalho de todos, e que a gente possa estender essa marca. A gente fica muito feliz com o desempenho de todos na defesa, recompondo a marcação. É um trabalho que o entrosamento é fundamental para confiamos um no outro. 

Em nove anos de clube, Fábio teve quatro boas sequências de jogos sem levar gols. Em 2005, duas vezes, em 2009 e em 2010, o goleiro celeste ajudou o Cruzeiro a manter o time sem levar gols durante quatro jogos seguidos. A marca já foi igualada com o empate sem gols contra o Atlético-MG, no último domingo, no Mineirão, que deu o título do Campeonato Mineiro 2014 à Raposa.

A maior sequência de Fábio sem tomar gols com camisa do Cruzeiro foi no ano de 2012, com cinco partidas. As partidas foram válidas pelo Campeonato Mineiro e pela Copa do Brasil. No dia 16 de fevereiro daquele ano o Cruzeiro venceu o Nacional-MG, em Divinópolis, por 4 a 2. Depois disso, foram vitórias de 2 a 0 sobre o Democrata, de Governador Valadares, 2 a 0 sobre o América, de Teófilo Otoni, 6 a 0 sobre o Rio Branco, do Acre (jogo válido pela Copa do Brasil), 2 a 0 sobre o Villa Nova-MG e uma goleada por 5 a 0 sobre a Caldense, em Poços de Caldas. Na sequência, no dia 25 de março de 2012, a Raposa bateu o América-MG por 2 a 1, na Arena do Jacaré, e Fábio levou um gol de Alessandro ao 21 minutos do primeiro tempo, que acabou com a invencibilidade.

Nesta temporada, Fábio soma quatro partidas sem ser vazado. A última vez foi contra o Boa Esporte, pelo segundo jogo da semifinal do Campeonato Mineiro, no Mineirão, quando o goleiro tomou um gol de falta de Mateus. Depois disso, a equipe celeste teve dois empates sem gols com o Atlético-MG, pela final do estadual, e duas vitórias na Libertadores, contra o Universidad de Chile, por 2 a 0, e contra o Real Garcilaso, também por 2 a 0. 

Fábio x Cerro Porteño

Cruzeiro e Cerro Porteño se enfrentaram apenas uma vez na história, em 2008. O confronto ficou marcado por cenas lamentáveis na partida do Defensores del Chaco, em Assunção, pela Libertadores e Fábio estava presente. O jogo foi válido pela primeira fase da competição sul-americana, chamada de pré-Libertadores. A primeira partida aconteceu no dia 30 de janeiro de 2008, no Mineirão. O time celeste venceu por 3 a 1, com dois gols de Ramires e um de Marcelo Moreno. 

No jogo da volta, em Assunção, o Cruzeiro saiu na frente do placar com um gol de Thiago Heleno, aos cinco minutos do primeiro tempo. No final da primeira etapa, Alvaréz empatou um chute na saída do goleiro Fábio, aos 42’. No segundo tempo, Ramires sofreu um pênalti que Marcelo Moreno converteu com precisão. Em um cruzamento de Wagner, Ramires ampliou para o time mineiro, mas o Cerro diminuiu, novamente com Alvaréz. 

No entanto, por volta dos 25 minutos do segundo tempo o jogo teve um triste desfecho. O árbitro chileno, Carlos Chandia, que já havia paralisado o jogo por questões de segurança, deu a partida por encerrado porque a torcida paraguaia arremessava pedras e garrafas no gramado. Como já haviam se passado mais de dois terços do tempo de jogo, o resultado de 3 a 2 para o Cruzeiro foi mantido e o time mineiro avançou para a fase grupos. Naquele ano, a Raposa foi eliminada nas oitavas de final pelo Boca Juniors.

FONTE: GLOBOESPORTE

O FOCO MUDOU

Com pouco tempo para comemorar o primeiro título estadual da carreira, o volante Lucas Silva demonstrou, na reapresentação do Cruzeiro na tarde desta segunda-feira, que está concentrado na partida com o Cerro Porteño, quarta-feira, às 22h, no Mineirão, pelas oitavas de final da Libertadores.

Um dos destaques da conquista do Campeonato Mineiro, o jovem volante espera que a equipe adote a mesma postura das partidas recentes que disputadas no Mineirão contra o Real Garcilaso e o Atlético-MG para construir um bom resultado na partida de ida dos mata-mata com os paraguaios.

"O objetivo é entrar equilibrado, mas se possível já atacar desde o início, mostrar nossa força para o adversário para eles verem que a gente manda em casa mesmo", observou Lucas Silva.

Para o jovem meio-campista, o Cruzeiro precisa se conscientizar que a decisão acontecerá somente no Paraguai. "Esse jogo muda um pouco porque é uma partida de 180 minutos, não vai ser resolvido neste jogo em casa. Mas acho que o Cruzeiro não tem que mudar nada, tem que entrar firme e forte, jogando com cautela, para fazer um bom resultado e não deixar para buscar a classificação fora", afirmou.

Na missão de vencer por 1 a 0, que já seria considerado um bom placar por Lucas Silva, ou até mesmo por um placar mais elástico sem levar gols, o volante conta com a presença da torcida em mais uma decisão. "O apoio da torcida que faz a diferença, o Cruzeiro impõe um ritmo forte e esperamos que quarta não seja diferente", disse.

Nesta segunda-feira, Lucas Silva e o restante dos titulares fizeram apenas um trabalho regenerativo enquanto os reservas realizaram uma atividade técnica em campo. O time retorna aos trabalhos nesta terça-feira, às 16h, no último treino antes do duelo contra os paraguaios no Mineirão.

Lucas Silva acredita que o título mineiro dará motivação extra ao Cruzeiro na Libertadores. "Sem dúvidas, até porque muito diziam que já estávamos eliminados da Libertadores e a desconfiança do Mineiro também. As coisas no futebol mudam muito rápido e agora vamos com confiança grande para a Libertadores para fazer o resultado em casa e conquistar a classificação", ressaltou o volante.

FONTE: UOL

SAMUDIO: O ESPIÃO

Lateral-esquerdo do Cruzeiro, Miguel Samudio assumirá o papel de “espião” nesta semana. Único paraguaio do elenco celeste, ele auxiliará o técnico Marcelo Oliveira com informações do Cerro Porteño, adversário nas oitavas de final da Copa Libertadores. O duelo desta quarta-feira, às 22h, no Mineirão, ainda será uma oportunidade para o camisa 21 reencontrar seu ex-comandante Arce.

Samudio defendeu a Seleção Paraguaia nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2014. No início da disputa por uma vaga para o Mundial do Brasil, a equipe guarani foi comandada por Arce, ex-lateral de Grêmio e Palmeiras. O antigo treinador de Samudio é agora o comandante do Cerro Porteño.
 
“Como jogador, foi um dos melhores laterais-direitos. Aqui no Brasil, Arce é muito reconhecido. Como treinador, ele dirigiu a base da minha ex-equipe, o Libertad, e tive a possibilidade de ele ter me dirigido na Seleção Paraguaia. Como profissional, ele é muito bom. Como pessoa, é excelente. Ele foi um dos que me ajudou a vir (para o Cruzeiro), porque algum de vocês (jornalistas) falou com ele sobre como eu era, e ele falou maravilhas de mim. Só tenho a agradecer ao Arce, que é uma pessoa maravilhosa”, observou Samudio.

Arce já elogiou Samudio no passado, em entrevista a sites brasileiros, e opinou que o Cruzeiro faria uma contratação ao recebê-lo por empréstimo do Libertad. “É um lateral muito rápido, canhoto, de muita técnica. Ele tem muito tempo de seleção e Copas Libertadores disputadas. É um cara tarimbado, o melhor lateral-esquerdo que temos no Paraguai”, analisou na ocasião.

Ao comentar sobre a equipe comandada por Arce, Samudio brincou que não divulgaria as informações que passará do Cerro Porteño a Marcelo Oliveira. “Falarei com Marcelo, mas não com vocês (jornalistas). Estou brincando. Qualquer informação será bem-vinda, porque detalhes fazem a diferença na Libertadores”, disse.

O lateral-esquerdo do Cruzeiro preferiu não apontar quais são os pontos fortes e fracos do Cerro Porteño e pediu que a equipe tenha muita concentração. “O Cruzeiro tem de estar com todos jogadores bem concentrados. Sempre tenho o pensamento que nos conhecemos todos. Temos de chegar bem para o jogo de quarta-feira, que será muito importante. Em Copa Libertadores, pequenos detalhes são muito importantes”, destacou.

RESUMÃO DE TERÇA

CRUZEIRO EMPRESTA RODRIGO SOUZA AO CRICIÚMA!
O Cruzeiro emprestou o volante Rodrigo Souza ao Criciúma até o fim do ano. Contratado em dezembro de 2013, o jogador tem vínculo de quatro anos com clube celeste, que irá observá-lo durante a disputa do Brasileiro. Rodrigo Souza disputou oito jogos com a camisa estrelada. A estreia foi diante do América, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro, no dia 9 de fevereiro. Chegou a ser destaque no primeiro jogo contra o rival no ano. Contudo, teve atuações desastrosas contra o Defensor e quase foi responsável pela eliminação do Cruzeiro ainda na primeira fase. No meu ponto de vista, acerta o Cruzeiro em emprestá-lo. Hoje o time está bem servido de volante.

WILLIAN FARIAS É INSCRITO NA LIBERTADORES
O Cruzeiro confirmou, nesta segunda-feira, uma alteração em sua lista da inscritos na Copa Libertadores da América. O volante Willian Farias, contratado junto ao Coritiba, foi inserido na relação cruzeirense, no lugar de Rodrigo Souza, que foi emprestado ao Criciúma. Desta forma, Willian Farias usará a camisa 15. Esta foi a única alteração do Cruzeiro na lista de inscritos da competição continental. O zagueiro Vilson e o goleiro Rafael não se recuperaram de lesões e estão fora.

NORMAL? CHAMADO DE VAGABUNDO, ÁRBITRO NÃO RELATA NADA EM SÚMULA!
O árbitro Leandro Pedro Vuaden considerou “normal” a conduta dos dirigentes de Atlético e Cruzeiro na decisão do Mineiro. A súmula da partida foi publicada nesta segunda-feira. Com isso, Vuaden ignorou os xingamentos do presidente do rival, Alexandre Kalil. Terminada a partida, com a conquista da taça pelo arquirrival, o mandatário alvinegro entrou em campo e disse: “Ladrão, filho da p., trio de gângster, vagabundo, vai ser na televisão, seu vagabundo". Isso é normal? Só se for na casa do presidente do time do lado de lá ou do árbitro.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

CRUZEIRO X RIVAL - NOTAS DO JOGO

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

Se tivesse que sair um vencedor de campo, ontem, teria que ser o Cruzeiro. Criou as melhores chances e teve o controle do jogo todo o tempo. Pecou nas finalizações, mas, no final, soube administrar. Não achei que houve o pênalti em Jô. Se foi falta, foi fora da área. Mas nem isso tenho certeza. Sei que o Julio Baptista quase mete um gol de bicicleta e que o Everton Ribeiro perdeu um gol incrível. Bom, o Cruzeiro foi campeão e isso que importa.

AS NOTAS

FÁBIO (6,0) - Pouco fez na partida. O time rival pouco chutou a gol.

CEARÁ (6,5) - Marcou bem, não sendo muito ofensivo.

DEDÉ (7,0) - Firme, jogou com determinação.

BRUNO RODRIGO (7,5) - Ganhou todas as disputas com o ataque do rival.

SAMUDIO (6,5) - Não teve atuação brilhante, mas não comprometeu. Tem que maneirar nas chegadas, porque tem tomado muitos cartões.

LUCAS SILVA (8,5) - Jogou com muita disposição e errou muito pouco. Vira muito bem o jogo e acertou um belo chute no travessão.

HENRIQUE (8,0) - Vem jogando muito há muito tempo. Recuperou o futebol de 2009. Ontem jogou com garra, disposição. Tenho gostado da postura dele. Ontem tentou o gol em três ocasiões, o que mostra a confiança que está tendo.

RICARDO GOULART (6,5) - Corre errado e tenta fazer o que não consegue. Se jogar mais simples e focado, ajuda mais. DEU LUGAR A WILLIAN (6,5) que melhorou a disposição tática do time.

EVERTON RIBEIRO (7,5) - Poderia ter jogado mais. Apesar de lances de habilidade, como o de quando quase deixou Otamendi sentado, faltou capricho nas finalizações. Perdeu um gol incrível, quando esteve cara a cara com Victor. SUBSTITUÍDO POR TINGA (6,0), que entrou para gastar o tempo e "rodar" a bola.

DAGOBERTO (6,5) - Muito nervoso. Tem que parar de ser temperamental em decisões. Não vale a pena. Produziu muito menos do que consegue. SAIU PARA A ENTRADA DE SOUZA (6,5) que atacou, mas priorizou a marcação.

JULIO BAPTISTA (7,0) - Fez bem o trabalho de pivô, mas cansou. Deveria ter saído para a entrada de Moreno. Finalizou bem, mas faltou capricho e sorte.

MARCELO OLIVEIRA (7,0) - Alterou o time bem, mas acho que recuou o time demais antes da hora. Poderia ter mexido de forma mais ofensiva ou ainda: ter posto outras peças. Julio Baptista cansou e ficou em campo até o fim, se arrastando.

ÁRBITRO ARGENTINO PARA CRUZEIRO X CERRO

O argentino Patricio Hernan Loustau será responsável por mediar a primeira partida das oitavas de final da Copa Libertadores entre Cruzeiro e Cerro Porteño, nesta quarta-feira, às 22h. O primeiro duelo será disputado no Mineirão.

Loustau já arbitrou dois jogos nesta edição da Copa Libertadores, ambos terminaram empatados: Defensor 1 x 1 Universidad de Chile e Nacional 2 x 2 Rival.

A partida de volta do confronto com o Cerro Porteño, no Paraguai, está agendada para o dia 30 de abril (quarta-feira). Na tabela da Copa Libertadores, o site da Conmebol divulgou o horário de 22h.

ALEXANDRE MATTOS CONFIRMA QUE CRUZEIRO VAI COMPRAR WILLIAN

Xodó da torcida do Cruzeiro desde a última temporada, Willian tem contrato com o clube até junho. Para adquirir os direitos econômicos do atacante, a Raposa precisa desembolsar 4 milhões de euros. Enquanto o fim do vínculo se aproxima, o diretor de futebol Alexandre Mattos diz “não se desesperar”.

“Temos tempo, temos contrato. Não temos que nos desesperar. Temos um jogador feliz, o Cruzeiro está feliz com ele também. Foi um acerto, trouxemos um grande jogador. No momento certo, na hora certa, vamos fazer (a compra dos direitos)”, afirmou o dirigente, em entrevista.

Segundo Mattos, o clube se preocupa neste momento apenas com a Libertadores. Na quarta-feira, a equipe enfrenta o Cerro Porteño, no Mineirão, em jogo de ida das oitavas de final. “Hoje, nosso foco total é na quarta-feira. Se a gente deixar de pensar um minuto neste jogo, não ganharemos. O Cruzeiro vai tentar ganhar este jogo dificílimo de quarta-feira. Temos certeza que será um jogo muito difícil e estamos concentrados para ele”, acrescentou.

Emprestado pelo Metalist, da Ucrânia, até junho, Willian chegou ao Cruzeiro com direitos fixados em 4 milhões de euros. Na cotação atual, esse valor equivale a R$ 12,3 milhões. Jogador mais caro da história do clube celeste, Dedé custou 5,5 milhões de euros, cerca de R$ 14 milhões na época, mas por 45% dos direitos econômicos. 

FONTE: SUPERESPORTES

FRASE DO DIA: DAGOBERTO

“Ganhar sempre é bom. Nosso time merece tudo isso que está vivendo. Trabalhamos muito para isso, é tudo muito difícil. Hoje fomos coroados com um título que vai ficar marcado na vida de cada um”.

DAGOBERTO, ATACANTE

RESUMÃO DE SEGUNDA

FOI INVICTO!
Com o empate contra o rival, por 0 a 0, neste domingo, no Mineirão, o Cruzeiro conquistou o 11º Campeonato Mineiro de forma invicta de sua história. Neste torneio, foram 15 jogos, com 11 vitórias e quatro empates. As outras conquistas invictas da Raposa ocorreram em 1929, 1930, 1944, 1968, 1969, 1992, 1994, 2003, 2009. 

MARCELO DESTACA "ESPÍRITO"
Campeão brasileiro  em 2013, Marcelo Oliveira conquistou, neste domingo, seu primeiro título estadual como treinador do Cruzeiro. A equipe celeste aproveitou a vantagem alcançada com a melhor campanha da primeira fase e foi campeã com dois empates sem gols diante do Atlético. Ao comemorar a conquista da centésima edição do Campeonato Mineiro, o técnico cruzeirense destacou o “espírito” de seus comandados. “Com esse espírito, não tem para ninguém”, afirmou Marcelo Oliveira. “É difícil. Hoje foi um jogo, até o final, muito difícil. Mas nada resiste a união e trabalho”, acrescentou.

POR LIBERTADORES, PRESIDENTE QUIS TIME PRECAVIDO
O presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, comemorou, neste domingo, o segundo título da equipe de futebol em sua gestão. Porém, ele pediu que a celebração do Campeonato Mineiro não fosse muito longa. A preocupação do mandatário cruzeirense está no compromisso pela Copa Libertadores, nesta quarta-feira, contra o Cerro Porteño, no Mineirão. “Vou conversar os jogadores, porque a gente está pensando em descansá-los. Temos Libertadores de novo na quarta-feira. Temos de procurar um placar razoável, para jogar com mais tranquilidade no Paraguai, no dia 30. Não temos descanso e folga. Está na hora de eles descansarem, para estarem prontos para quarta-feira. Vou tentar convencê-los de que cada um vá para casa e comemore”, afirmou Gilvan de Pinho Tavares, após o empate sem gols com o rival, no Mineirão.

MATTOS ELOGIA O TIME: "DÁ BICO QUANDO PRECISA"
No gramado do Mineirão após a conquista celeste do Campeonato Mineiro sobre o Atlético, o diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, enalteceu o comportamento do time durante as finais do Estadual. “Tinha que ser desse jeito. Com muita raça, com muita vontade. Aqueles que falam que o Cruzeiro não sabe jogar mata-mata, mostramos hoje que esse time corre, marca, cai quando precisa, dá bico quando precisa. Foi por méritos campeão invicto. Foi o time que mais venceu, foi o time que mais marcou gols. Esse título tinha que vir para o Cruzeiro, mérito dessa administração do doutor Gilvan”, afirmou o dirigente.