quarta-feira, 17 de setembro de 2014

GOULART E RIBEIRO NA SELEÇÃO

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

O técnico Dunga convocou, hoje, o grupo que estará à disposição da Seleção Brasileira para os jogos contra Argentina e Japão. Entre os convocados estão Everton Ribeiro e Ricardo Goulart. Os jogos acontecerão nos dias 11 e 14 de outubro. O Cruzeiro não contará com Everton Ribeiro e Ricardo Goulart para as partidas contra o Corinthians, no Mineirão, dia 8 de outubro, e Flamengo, no Maracanã, dia 12 de outubro, ambas pelo Campeonato Brasileiro. Eles também não jogarão o jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, contra o ABC, dia 15 de outubro.

O técnico Dunga disse que conversou com os técnicos dos jogadores que atuam no Brasil e nenhum deles se opôs à convocação. "Ouvi que os atletas têm o sonho de jogar pela Seleção Brasileira, querem vestir a camisa e ninguém pediu para um ou outro atleta ficar de fora", disse Dunga após anunciar os convocados.

Recentemente, o técnico Marcelo Oliveira falou que ambos voltaram cansados da Seleção. Alguém está sendo incoerente aí, então.

CRUZEIRO DEFINIDO PARA PEGAR ATLÉTICO-PR

O Cruzeiro está definido para enfrentar o Atlético-PR, nesta quarta-feira, às 19h30, no Mineirão, pela 22ª rodada do Brasileirão. No treino da manhã desta terça-feira, o técnico Marcelo Oliveira promoveu uma atividade com ênfase nas bolas paradas e escalou Egídio e Júlio Baptista como titulares.

O treinador fez três alterações em relação ao time que enfrentou o São Paulo no último domingo: Egídio no lugar de Ceará, Júlio Baptista na vaga de Ricardo Goulart, que cumprirá suspensão, e Henrique substitui Nilton.

Egídio retorna ao time depois de ficar seis partidas de fora, duas contra o Santa Rita, pela Copa do Brasil, e diante do Chapecoense, Fluminense, Bahia e São Paulo, pelo Brasileirão. O seu último jogo foi contra o Goiás, em jogo válido pela 17ª rodada.

Júlio Baptista, por sua vez, herda a vaga de Ricardo Goulart, que levou o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão diante do Atlético-PR. Na última vez em que foi titular, o camisa 10 deixou uma boa impressão e fez dois gols contra o Fluminense, no empate em 3 a 3.

A substituição mais esperada era o retorno de Henrique na vaga de Nilton. O camisa 8 cumpriu suspensão automática contra o São Paulo, mas já está liberado para encarar o Atlético-PR.

Dessa forma, o Cruzeiro entra em campo com Fábio; Mayke, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Everton Ribeiro e Júlio Baptista; Alisson e Marcelo Moreno.

LINK ORIGINAL

A VOLTA DO CÃO-DE-GUARDA

POR: JOÃO VITOR VIANA

O volante Henrique tem sido de uma regularidade impressionante em 2014, fator até pelo qual ele não sai do time de forma alguma. O mesmo ocorre com Lucas Silva. Porém, atuando como primeiro volante, o atleta, quando está fora do time, faz imensa falta. Não que Nilton, seu substituto, não seja de uma boa qualidade. Até é, mas o momento de Henrique é similar ao que ele viveu em 2009, quando quase marcou o gol do título da Libertadores.

Recuperado totalmente da lesão que teve no púbis, depois de travar um caminho tortuoso, com a incerteza de vários torcedores, o atleta recuperou o posto em campo, mostrou qualidade e tem ajudado muito o Cruzeiro nas partidas. Foi ausência sentida diante do São Paulo.

Após cumprir suspensão, Henrique está confirmado no time que enfrenta o Atlético-PR, hoje, às 19h30, no Mineirão. Que o Furacão vire brisa. E no que depender do futebol celeste, no qual incluo o camisa 8, há boas possibilidades. Principalmente se o Cruzeiro jogar como Cruzeiro.

JOGO PARA HOJE... CHANCE DE GANHAR DINHEIRO SEM SAIR DE CASA!

Aposte no jogo entre Cruzeiro x Atlético/PR(*)

Por: Ercio Bamberg

O líder Cruzeiro teve sua vantagem para o vice-líder diminuída esta última rodada, quando perdeu por 2x0 para o São Paulo, derrota que o clube mineiro não conhecia desde maio deste anos. Agora com apenas quatro pontos de vantagem, o Cruzeiro nem pensa em perder pontos contra o Atlético/PR, que luta para afastar de vez o fantasma do rebaixamento. Confira nossa análise desta partida e nossas dicas das melhores apostas online disponíveis para este jogo, no 188BET.

Que o Cruzeiro tem as melhores estatísticas do campeonato, todos já sabem e é chover no molhado dizer que o time mineiro tem sido o melhor time do campeonato, grande favorito a levar o título brasileiro pela segunda vez consecutiva, mas nas últimas rodadas, e principalmente depois do último jogo, o São Paulo parece ter entrado de vez na disputa, o que faz com que o Cruzeiro jogue toda partida pressionado pela responsabilidade de não poder perder pontos, pois o adversário está vencendo todas as partidas que pode.

Nos últimos três jogos, o Cruzeiro deixou de ganhar 5 pontos, o que fez com que o time se encontre agora nesta posição, de ter que defender a vantagem conquistada desde a sexta rodada, quando assumiu a liderança e não largou mais. Para esta partida, o técnico Marcelo Oliveira não contará com seu principal jogador, o meia Ricardo Goulart, artilheiro do campeonato que recebeu o terceiro cartão amarelo e deverá ser substituído por Júlio Baptista, e terá o retorno de Henrique. Vale lembrar que o Cruzeiro ainda está invicto no Mineirão neste campeonato brasileiro, com nove vitórias e um empate em 10 jogos.

O Atlético Paranaense faz uma campanha apenas burocrática até aqui no campeonato brasileiro, está na 11ª colocação e vem de vitória em casa, após uma série de derrotas e empates que ameaçaram o time a cair na tabela. A primeira metade do campeonato foi muito complicada para o Atlético, pois o time teve que jogar com portões fechados, por uma punição à torcida pela briga ocorrida no ano passado. O destaque do Atlético tem sido a revelação do time no ano passado, o jogador Marcelo, que fez um gol e deu uma assistência na rodada anterior contra o Vitória. Como visitante, o Atlético/PR perdeu quatro dos últimos cinco jogos que fez, e já sofreu 17 gols em 10 jogos fora de seu estádio. O departamento médico do Furacão está cheio, porém os jogadores são dúvida, não havendo nenhum jogador já vetado para a partida, enquanto Marcos Guilherme e João Paulo são retornos confirmados para o jogo contra a Raposa.

Para esta partida, o Cruzeiro é amplo favorito nas cotações do site de apostas 188BET, com a vitória do time mineiro pagando 1.33, contra 8.55 para a vitória do Atlético/PR, e 4.65 para o empate, o que representa dizer que o site de apostas acredita que o Cruzeiro tem 69% de chances de vitória, contra 11% de chances de vitória do time paranaense e ainda 20% de chances de empate. Com o Cruzeiro praticamente imbatível no Mineirão, e precisando vencer, faz com que a aposta “Cruzeiro -1/-1,5”, pagando 1.91, seja uma aposta com valor. Nesta aposta, o Cruzeiro deve vencer por mais de um gol de diferença. Caso vença por apenas um gol, metade da aposta é devolvida.

O Cruzeiro tem o melhor ataque do campeonato, já foram marcados 43 gols em 21 jogos, enquanto o Atlético já marcou 27 vezes nestes 21 jogos, 12 deles como visitante, média superior a um gol por jogo. Apesar de ter grande índice de vitórias em casa, o Cruzeiro também cede gols no Mineirão, já foram 7 em 10 jogos, e marca ainda mais em sua casa, 27 gols em 10 jogos . Com isso, é de se esperar que o jogo seja marcado por muitos gols, fazendo a aposta “Acima de 2.5/3 gols” a 1.88 uma aposta interessante. Para ganhar esta aposta, é necessário que haja ao menos 4 gols no jogo. Caso haja exatamente 3 gols, metade da aposta é ganha e metade devolvida.

Com esta análise e estas dicas, esperamos que apostar online seja ainda mais prazeroso para todos.

Bom divertimento e bons lucros.

(*) Matéria patrocinada

CONFIANÇA NA VITÓRIA

POR: JOÃO VITOR VIANA

Vencer em casa tem sido uma tônica do Cruzeiro desde 2013. O Mineirão, de fato, virou a Toca da Raposa 3. Dezenas de vitórias. Esse ano, o clube atingiu a marca de 1000 vitórias no estádio e já venceu por lá 22 vezes em 2014. Muitos gritos de gols e emoções. E é isso que a torcida espera hoje.

Estamos confiantes! Afinal, em cima dos números celestes que confiamos em mais uma conquista. Melhor ataque, artilheiro em campo, time compacto e convicto do que deve fazer em casa. Do lado oposto, um time chato, que dentro ou fora é difícil. Mas o Cruzeiro é um time que tanto no papel quanto em campo também é bom. Diria ótimo até. Até porque, é o atual líder e maior favorito à conquista.

Para chegar lá, um caminho ainda longo pela frente. Quase um turno inteiro. E até por isso, a mentalidade dos atletas é de ter os pés no chão, não deixando o favoritismo atrapalhar nem o tropeço diante do mais claro adversário rumo à taça tirar o foco do time. Para vencer, hoje e também no final de semana, o que pode aumentar ainda mais a diferença para o segundo colocado, a confiança do torcedor e também dos jogadores deve estar no mais alto grau.

Pelos discursos, noto que isso está sendo bem trabalhado. Ninguém se mostra convencido. Mas mostram confiança no trabalho e no próprio futebol. O primeiro passo está dado. Que o Cruzeiro jogue bem, renda melhor que nos últimos dois jogos (atuou bem abaixo do que pode) e faça valer o mando de campo para conseguir mais três pontos. Hoje aposto em vitória celeste por 2 a 1.

EM BUSCA DE AMPLIAR A VANTAGEM

O lateral-esquerdo Egídio foi para a partida contra o São Paulo, no último domingo, no Morumbi, mas viu do banco de reservas o time mineiro ser derrotado pelo vice-líder. Recuperado de uma lesão na mão esquerda, ele disse estar bem melhor e pronto para ajudar a Raposa no jogo desta quarta-feira, contra o Atlético-PR.

- O desejo de todo mundo é jogar um clássico como esse contra o São Paulo. Mas eu tinha noção que tinha treinado só dois dias. Agora treinei mais vezes, estou confiante para o jogo desta quarta-feira, e espero ajudar o Cruzeiro a sair com a vitória. A mão não está atrapalhando. Sinto um pouquinho de dor, mas vamos com força total, sem receio de machucar de novo.

Egídio tratou a derrota para o São Paulo como normal. Para ele, o Cruzeiro não deve se assustar com a redução na vantagem como líder. Com o triunfo, o time paulista diminuiu de sete para quatro pontos a vantagem mineira. Egídio, no entanto, acredita que o Cruzeiro tem uma boa oportunidade de crescer novamente a diferença, pois terá dois jogos em casa, contra Atlético-PR e Atlético-MG, enquanto o São Paulo jogará duas vezes como visitante, contra Coritiba e Corinthians.

- A sequência de jogos, esses dois jogos, favorecem a gente. Vamos jogar em casa e eles (São Paulo) fora; dois em casa, e eles, dois fora. É só fazer nosso dever de casa que podemos aumentar mais uma vez nossa vantagem na liderança.

Cruzeiro e Atlético-PR jogam nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte.
 

CURTINHAS

CRUZEIRO ACERTA CONTRATAÇÃO DE LATERAL
Ao que parece, será a última contratação do Cruzeiro. Sem poder contar com seus dois jogadores, especialistas da posição, a Raposa anunciou, ontem, a contratação do desconhecido Breno Lopes, de 23 anos, que estava no Paraná Clube. Segundo informações, é um atleta que prioriza o jogo defensivo e vem para o lugar de Samudio, que dificilmente fica no clube. Internamente o paraguaio é visto como um jogador comum e Marcelo Oliveira ainda não vê nos meninos da base, um reserva imediato para Egídio, que deverá voltar a jogar, mesmo com dores na mão, contra o Atlético-PR, hoje. O novo reforço celeste não teve ainda divulgado o vínculo com o novo clube.

20 RELACIONADOS
Com a equipe já definida para encarar o Atlético-PR nesta quarta-feira, às 19h30, no Mineirão, o técnico Marcelo Oliveira levará nove opções para o banco de reservas. A lista de relacionados foi divulgada pelo Cruzeiro sem surpresas. Recentemente incorporado ao elenco profissional, o atacante Judivan não foi relacionado para a partida, assim como Neilton. Também não estão na lista o zagueiro Bruno Rodrigo e o centroavante Borges, que buscam melhor condicionamento físico. Sem contar com o meia-atacante Ricardo Goulart, que cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo, Julio Baptista assume o posto.

ALISSON E AS COINCIDÊNCIAS
Quatro pontos separam o Cruzeiro do São Paulo após 21 rodadas do Campeonato Brasileiro de 2014. Já o Internacional, que está em terceiro, tem nove pontos a menos que o líder. A diferença é a mesma do Nacional de 2013, quando a Raposa liderava com 46 e o Botafogo tinha 42 e o terceiro colocado (Grêmio) tinha 37. Essa coincidência foi tema de conversa na Toca, e o jovem Alisson citou que a situação vivida no passado serve para dar tranquilidade ao momento celeste. “No ano passado tivemos um jogo como o Botafogo na mesma situação. Poderíamos ter feito a mesma diferença de pontos sobre o São Paulo, caso vencêssemos. No domingo foram duas grandes equipes e o São Paulo venceu. Estamos com a cabeça tranquila e temos que continuar fazendo o dever de casa para continuar a abrir vantagem”, disse.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

APOSTE ONLINE!

Aposte no jogo entre Cruzeiro x Atlético/PR(*)

Por: Ercio Bamberg

O líder Cruzeiro teve sua vantagem para o vice-líder diminuída esta última rodada, quando perdeu por 2x0 para o São Paulo, derrota que o clube mineiro não conhecia desde maio deste anos. Agora com apenas quatro pontos de vantagem, o Cruzeiro nem pensa em perder pontos contra o Atlético/PR, que luta para afastar de vez o fantasma do rebaixamento. Confira nossa análise desta partida e nossas dicas das melhores apostas online disponíveis para este jogo, no 188BET.

Que o Cruzeiro tem as melhores estatísticas do campeonato, todos já sabem e é chover no molhado dizer que o time mineiro tem sido o melhor time do campeonato, grande favorito a levar o título brasileiro pela segunda vez consecutiva, mas nas últimas rodadas, e principalmente depois do último jogo, o São Paulo parece ter entrado de vez na disputa, o que faz com que o Cruzeiro jogue toda partida pressionado pela responsabilidade de não poder perder pontos, pois o adversário está vencendo todas as partidas que pode.

Nos últimos três jogos, o Cruzeiro deixou de ganhar 5 pontos, o que fez com que o time se encontre agora nesta posição, de ter que defender a vantagem conquistada desde a sexta rodada, quando assumiu a liderança e não largou mais. Para esta partida, o técnico Marcelo Oliveira não contará com seu principal jogador, o meia Ricardo Goulart, artilheiro do campeonato que recebeu o terceiro cartão amarelo e deverá ser substituído por Júlio Baptista, e terá o retorno de Henrique. Vale lembrar que o Cruzeiro ainda está invicto no Mineirão neste campeonato brasileiro, com nove vitórias e um empate em 10 jogos.

O Atlético Paranaense faz uma campanha apenas burocrática até aqui no campeonato brasileiro, está na 11ª colocação e vem de vitória em casa, após uma série de derrotas e empates que ameaçaram o time a cair na tabela. A primeira metade do campeonato foi muito complicada para o Atlético, pois o time teve que jogar com portões fechados, por uma punição à torcida pela briga ocorrida no ano passado. O destaque do Atlético tem sido a revelação do time no ano passado, o jogador Marcelo, que fez um gol e deu uma assistência na rodada anterior contra o Vitória. Como visitante, o Atlético/PR perdeu quatro dos últimos cinco jogos que fez, e já sofreu 17 gols em 10 jogos fora de seu estádio. O departamento médico do Furacão está cheio, porém os jogadores são dúvida, não havendo nenhum jogador já vetado para a partida, enquanto Marcos Guilherme e João Paulo são retornos confirmados para o jogo contra a Raposa.

Para esta partida, o Cruzeiro é amplo favorito nas cotações do site de apostas 188BET, com a vitória do time mineiro pagando 1.33, contra 8.55 para a vitória do Atlético/PR, e 4.65 para o empate, o que representa dizer que o site de apostas acredita que o Cruzeiro tem 69% de chances de vitória, contra 11% de chances de vitória do time paranaense e ainda 20% de chances de empate. Com o Cruzeiro praticamente imbatível no Mineirão, e precisando vencer, faz com que a aposta “Cruzeiro -1/-1,5”, pagando 1.91, seja uma aposta com valor. Nesta aposta, o Cruzeiro deve vencer por mais de um gol de diferença. Caso vença por apenas um gol, metade da aposta é devolvida.

O Cruzeiro tem o melhor ataque do campeonato, já foram marcados 43 gols em 21 jogos, enquanto o Atlético já marcou 27 vezes nestes 21 jogos, 12 deles como visitante, média superior a um gol por jogo. Apesar de ter grande índice de vitórias em casa, o Cruzeiro também cede gols no Mineirão, já foram 7 em 10 jogos, e marca ainda mais em sua casa, 27 gols em 10 jogos . Com isso, é de se esperar que o jogo seja marcado por muitos gols, fazendo a aposta “Acima de 2.5/3 gols” a 1.88 uma aposta interessante. Para ganhar esta aposta, é necessário que haja ao menos 4 gols no jogo. Caso haja exatamente 3 gols, metade da aposta é ganha e metade devolvida.

Com esta análise e estas dicas, esperamos que apostar online seja ainda mais prazeroso para todos.

Bom divertimento e bons lucros.

(*) Matéria patrocinada

CRUZEIRO X RIVAL - VENDA DE INGRESSOS

Começa nesta quarta-feira a venda de ingressos para o jogo entre Cruzeiro e rival, neste domingo, às 16h, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. No primeiro dia, a comercialização nas bilheterias será feita somente para a torcida do rival. A partir de quinta, começa a venda física para os cruzeirenses.

A comercialização para sócios do Cruzeiro ocorrerá pela internet, provavelmente a partir de quarta, mas o clube ainda não divulgou os detalhes para os associados. Os bilhetes custam entre R$ 50 e R$ 200.

Torcida do rival
 
Com direito a 10% da carga de ingressos para o clássico, a torcida do rival poderá comprar os bilhetes somente na sede do clube, a partir desta quarta. Não haverá venda para os atleticanos no dia da partida.

O acesso dos alvinegros ao Mineirão será pelo Portão A, na esplanada norte (Avenida Abrahão Caram). Os preços dos ingressos são: R$120,00 para o Setor Roxo Superior; R$80,00 para o Setor Laranja Superior; R$50,00 para o Setor Laranja Inferior.

Pontos de venda para os atleticanos:


Quarta-feira: 12 às 20h – Sede de Lourdes

Quinta-feira: 10 às 20h – Sede de Lourdes

Sexta-feira: 10 às 20h – Sede de Lourdes

Sábado: 10 às 15h – Sede de Lourdes

Pontos de venda para os cruzeirenses:
Quinta-feira
Ginásio do Barro Preto: 10h às 18h
Bilheteria Sul do Mineirão: 10h às 18h

Sexta-feira
Ginásio do Barro Preto: 10h às 18h
Bilheteria Sul do Mineirão: 10h às 18h

Sábado
Ginásio do Barro Preto: 10h às 18h
Bilheteria Sul do Mineirão: 10h às 18h

Domingo
Bilheteria Sul do Mineirão: 10h até 10 minutos do 2º tempo

Preços dos ingressos para os cruzeirenses:

Superior Oeste – Setor Roxo (Portão B): R$ 120
Inferior Oeste – Setor Roxo (Portão B): R$ 170

Superior Sul – Setor Amarelo (Portão C): R$ 80 (para Sócio do Futebol, venda somente pela internet com desconto) Inferior Sul – Setor Amarelo (Portão C): R$ 50 (para Sócio do Futebol, venda somente pela internet com desconto)

Superior Leste – Setor Vermelho (Portões D e E): R$ 100 (ingressos para o Portão D somente para Sócios do Futebol. Bilhetes para o portão E podem também ser adquiridos nas bilheterias)
Inferior Leste – Setor Vermelho (Portões D e E): R$ 130
Inferior Leste – Setor Vermelho (Portões D e E): R$ 150 (Minas Arena)

Inferior Norte – Setor Laranja (Portão F): R$ 50
Superior Norte – Setor Laranja (Portão F): R$ 80

Cadeiras Minas Arena para os cruzeirenses:


Especial Oeste: R$ 170
Especial Leste: R$ 150
Cadeira Vip: R$ 180
Cadeira Vip Superior: R$ 200

PARA QUEM APOSTA CONTRA, FALEMOS DE NÚMEROS

POR: MARCÃO ANTI-GALO

Muita gente tem secado o Cruzeiro, torcendo para o time cair de produção e perder a liderança do campeonato, conquistada desde a sexta rodada e nunca mais perdida. Aliás, são mais de 40 rodadas na liderança contando o Brasileiro desse ano e o de 2013, números que apenas elucidam um pouco o que é este time mineiro.

Diferente do rival, cujo presidente é um invejoso e sempre que pode fala do Cruzeiro, o time celeste, o Maior de Minas, tem mantido uma regularidade. É um time que faz muitos gols, que tem os dois artilheiros do campeonato e que perdeu somente três partidas até agora na competição. É o time que mais ganhou e que tem um aproveitamento em casa fantástico. Só em 2014 venceu 22 jogos no Mineirão. Jogar em casa tem sido um fator importante para o time ser líder e o time a ser batido. Além disso, o Cruzeiro jamais esteve nesse ano abaixo da campanha do ano passado. Atualmente tem a mesma pontuação de 2013 na 21ª rodada.

Embora a imprensa paulista tente alavancar o São Paulo, internamente as coisas não andam bem por lá. Presidente que demite ex-presidente, que emprega filha, que faz e desfaz maracutaias. Qualquer hora a bomba explode em campo. E espero, sinceramente, que exploda. Não pelo São Paulo, que é um time a ser respeitado, pela sua história, mas por seus dirigentes, pessoas imundas e inescrupulosas, de mente vil e língua de cobra.

Querem comparar os números do Cruzeiro. Que comparem. Ganharemos a maioria. E em campo, vamos fazer a diferença. Contra tudo e contra todos. Contra a imprensa alvinegra de Minas e a multicolorida do eixo Rio-São Paulo. Vamos juntos, fazer desse time uma equipe cada vez mais forte, concisa e competente.

A próxima final será amanhã. Compareça ao estádio, torcedor! Esteja ao lado do time nesse hora e alavanque o time cada vez mais distante do São Paulo! A nossa força está na nossa união. Que não façamos "caça às bruxas", mas que abracemos o time, vibremos com os jogadores e gritemos muitos gols.

MATEMÁTICA PARA O TETRA

O Cruzeiro perdeu o confronto direto com o São Paulo no Campeonato Brasileiro. Apesar disso, os quatro pontos de vantagem do clube celeste na ponta da tabela deixam a equipe em situação confortável na disputa pelo título nacional. É o que diz o engenheiro gaúcho Tristão Garcia, especialista em números no futebol e dono do site Infobola.

Tristão explicou que o Cruzeiro ainda tem uma vantagem considerável em relação ao São Paulo, pois joga nove vezes no Mineirão até o fim do campeonato, onde tem 100% de aproveitamento. Já o São Paulo disputará oito partidas no Morumbi e nove fora de casa, algumas delas contra adversários fortes como mandante, como Corinthians no Itaquerão, Grêmio na Arena, Atlético no Independência e Santos na Vila Belmiro.

”Para calcular as probabilidades, fazemos o que chamamos de média qualificada, calculada em cima de uma meta de o clube vencer todos os jogos em casa e empatar fora. O Cruzeiro está cinco pontos acima desta média, enquanto o São Paulo está um ponto abaixo. O São Paulo ontem (domingo), ao vencer o Cruzeiro, não fez mais do que uma obrigação, que é vencer todos os jogos em casa para almejar o título”, analisou Tristão.

Pontuação segura

Jamais um vice-campeão brasileiro fez mais do que 72 pontos. Essa pontuação foi alcançada pelo Grêmio em 2008 e pelo Atlético em 2012. “Essa pontuação do Atlético é falsa em termos matemáticos, porque na última rodada, na verdade, o time já tinha perdido o título. Aí ganhou o clássico do Cruzeiro e chegou aos 72. O Grêmio foi o único vice que chegou à última rodada disputando título, em condições de ganhar, e terminou o campeonato com 72”, ponderou o engenheiro.

Apesar desse histórico, Tristão Garcia acredita que o Cruzeiro não deve trabalhar com este número baixo, para não haver imprevistos pelo caminho, já que o São Paulo vem de uma evolução técnica e pode aumentar muito seu rendimento. “A pontuação realmente segura é 76 ou 77 pontos. Quem chegar a esse número muito provavelmente será o campeão”.

Para alcançar os 73 pontos, o Cruzeiro precisa vencer seus nove jogos em casa. Para chegar aos 76, seria necessário vencer uma partida a mais fora de casa, ou empatar três.

São Paulo: o pior perseguidor

Tristão Garcia definiu o São Paulo como o pior perseguidor de um clube no Brasileirão. A história mostra que o Tricolor já tirou vantagens grandes de concorrentes e conseguiu o título. Ocorreu em 2008, quando terminou o primeiro turno oito pontos atrás do Grêmio e acabou campeão. Além disso, Muricy Ramalho é o técnico com melhor média da história dos pontos corridos.

”O São Paulo é o pior perseguidor que um clube pode ter, é o maior pontuador do Brasileiro de pontos corridos e o maior vencedor. Vale ressaltar que nunca uma equipe fez mais de 43 pontos em um returno, essa marca pertence ao Grêmio em 2010. O São Paulo de 2008 fez 42 e foi campeão”, revelou.

Caso repita a excelente campanha de 2008 no segundo turno, o São Paulo terminará o Brasileiro com 78 pontos. Nesse caso, o Cruzeiro teria que vencer pelo menos 11 dos 17 jogos restantes para fazer 79 e assegurar o título.

Jogos restantes do Cruzeiro

No Mineirão:
Atlético-PR, Atlético, Internacional, Corinthians, Palmeiras, Botafogo, Criciúma, Goiás e Fluminense

Fora de casa:
Coritiba, Sport, Flamengo, Vitória, Figueirense, Santos, Grêmio e Chapecoense

Jogos restantes do São Paulo

Fora de casa:
Coritiba, Corinthians, Grêmio, Atlético, Chapecoense, Criciúma, Vitória, Santos, Sport

No Morumbi:
Flamengo, Fluminense, Atlético-PR, Bahia, Goiás, Palmeiras, Internacional, Figueirense

LINK ORIGINAL

CURTINHAS

ALISSON EM ALTA
O técnico Marcelo Oliveira nunca escondeu que aposta no talento de Alisson. Tanto que o jovem foi titular no jogo mais importante do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro. Apesar do revés para o São Paulo, o meia-atacante se movimentou bastante e esteve perto de balançar as redes no fim da partida. A luta de Alisson agora é para se firmar no quarteto ofensivo da Raposa. O setor é o mais concorrido do clube e as variações ocorreram em toda a competição. Três jogadores têm lugares cativos até o momento: Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e Marcelo Moreno. A quarta vaga é a de maior rotatividade. Seja como titular ou reserva, Alisson já tem nove participações nos jogos do Cruzeiro no Brasileiro. O mais testado foi Willian, com 11 atuações. O segundo da lista é Dagoberto, com 10. Uma continuidade na equipe pode fazer com que a cria da base celeste ultrapasse os experientes companheiros.

MAIS COMODIDADE EM BREVE
O torcedor do Cruzeiro deverá ter, em breve, um conforto a mais para adquirir ingressos para os jogos do clube no Mineirão. A Minas Arena está em negociação com a empresa Futebol Card para que bilhetes do setor corporativo sejam comprados por meio de cartão de crédito Visa ou débito Visa Electron, pela internet. A grande novidade é que a entrada no estádio será efetuada usando o próprio cartão de crédito ou débito, de forma similar ao que é feito atualmente com os sócios do futebol, sem a retirada do bilhete de papel. Serão disponibilizados cinco mil lugares, divididos igualmente entre os setores leste e oeste do piso inferior. Os bilhetes poderão ser adquiridos pelo site www.futebolcard.com.br. Segundo a empresa que administra esse sistema de venda de ingressos, o Mineirão será a primeira arena de Copa do Mundo a contar com a tecnologia.

SITE PÕE CRUZEIRO COM 76% DE CHANCE DE TÍTULO
O site Infobola calcula o título para o Cruzeiro em 76% contra 17% do São Paulo. Curiosamente, o Cruzeiro, no ano passado, tinha a mesma vantagem sobre o segundo colocado nessa etapa da competição, na ocasião, o Botafogo. Ao contrário do encontro entre os dois no segundo turno, o jogo fora na casa do Cruzeiro, quando a Raposa bateu o Botafogo por 3 a 0, em noite de Julio Baptista, que fez dois gols. 

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

APOSTE NO CRUZEIRO NA PARTIDA DE QUARTA!



Aposte no jogo entre Cruzeiro x Atlético/PR(*)

Por: Ercio Bamberg

O líder Cruzeiro teve sua vantagem para o vice-líder diminuída esta última rodada, quando perdeu por 2x0 para o São Paulo, derrota que o clube mineiro não conhecia desde maio deste anos. Agora com apenas quatro pontos de vantagem, o Cruzeiro nem pensa em perder pontos contra o Atlético/PR, que luta para afastar de vez o fantasma do rebaixamento. Confira nossa análise desta partida e nossas dicas das melhores apostas online disponíveis para este jogo, no 188BET.

Que o Cruzeiro tem as melhores estatísticas do campeonato, todos já sabem e é chover no molhado dizer que o time mineiro tem sido o melhor time do campeonato, grande favorito a levar o título brasileiro pela segunda vez consecutiva, mas nas últimas rodadas, e principalmente depois do último jogo, o São Paulo parece ter entrado de vez na disputa, o que faz com que o Cruzeiro jogue toda partida pressionado pela responsabilidade de não poder perder pontos, pois o adversário está vencendo todas as partidas que pode.

Nos últimos três jogos, o Cruzeiro deixou de ganhar 5 pontos, o que fez com que o time se encontre agora nesta posição, de ter que defender a vantagem conquistada desde a sexta rodada, quando assumiu a liderança e não largou mais. Para esta partida, o técnico Marcelo Oliveira não contará com seu principal jogador, o meia Ricardo Goulart, artilheiro do campeonato que recebeu o terceiro cartão amarelo e deverá ser substituído por Júlio Baptista, e terá o retorno de Henrique. Vale lembrar que o Cruzeiro ainda está invicto no Mineirão neste campeonato brasileiro, com nove vitórias e um empate em 10 jogos.

O Atlético Paranaense faz uma campanha apenas burocrática até aqui no campeonato brasileiro, está na 11ª colocação e vem de vitória em casa, após uma série de derrotas e empates que ameaçaram o time a cair na tabela. A primeira metade do campeonato foi muito complicada para o Atlético, pois o time teve que jogar com portões fechados, por uma punição à torcida pela briga ocorrida no ano passado. O destaque do Atlético tem sido a revelação do time no ano passado, o jogador Marcelo, que fez um gol e deu uma assistência na rodada anterior contra o Vitória. Como visitante, o Atlético/PR perdeu quatro dos últimos cinco jogos que fez, e já sofreu 17 gols em 10 jogos fora de seu estádio. O departamento médico do Furacão está cheio, porém os jogadores são dúvida, não havendo nenhum jogador já vetado para a partida, enquanto Marcos Guilherme e João Paulo são retornos confirmados para o jogo contra a Raposa.

Para esta partida, o Cruzeiro é amplo favorito nas cotações do site de apostas 188BET, com a vitória do time mineiro pagando 1.33, contra 8.55 para a vitória do Atlético/PR, e 4.65 para o empate, o que representa dizer que o site de apostas acredita que o Cruzeiro tem 69% de chances de vitória, contra 11% de chances de vitória do time paranaense e ainda 20% de chances de empate. Com o Cruzeiro praticamente imbatível no Mineirão, e precisando vencer, faz com que a aposta “Cruzeiro -1/-1,5”, pagando 1.91, seja uma aposta com valor. Nesta aposta, o Cruzeiro deve vencer por mais de um gol de diferença. Caso vença por apenas um gol, metade da aposta é devolvida.

O Cruzeiro tem o melhor ataque do campeonato, já foram marcados 43 gols em 21 jogos, enquanto o Atlético já marcou 27 vezes nestes 21 jogos, 12 deles como visitante, média superior a um gol por jogo. Apesar de ter grande índice de vitórias em casa, o Cruzeiro também cede gols no Mineirão, já foram 7 em 10 jogos, e marca ainda mais em sua casa, 27 gols em 10 jogos . Com isso, é de se esperar que o jogo seja marcado por muitos gols, fazendo a aposta “Acima de 2.5/3 gols” a 1.88 uma aposta interessante. Para ganhar esta aposta, é necessário que haja ao menos 4 gols no jogo. Caso haja exatamente 3 gols, metade da aposta é ganha e metade devolvida.

Com esta análise e estas dicas, esperamos que apostar online seja ainda mais prazeroso para todos.

Bom divertimento e bons lucros.

(*) Matéria patrocinada

NADA PARA SE PREOCUPAR... AINDA

POR: JOÃO VITOR VIANA

Perder para o São Paulo, seja onde for, não é o fim do mundo. É um bom time, como também é o Cruzeiro. Igual seria também se o Cruzeiro ganhasse do Tricolor Paulista fora de casa o que, infelizmente, não aconteceu. São, hoje, os dois melhores time do Brasil e se igualam.

Foi apenas a terceira derrota do Cruzeiro no campeonato, a mesma quantidade do próprio São Paulo. Mas o Cruzeiro tem 14 vitórias, o que o põe na liderança com quatro pontos de distância. Não me preocupo nesse momento na perda do título. O que me preocupa é a postura do Cruzeiro. Não jogou bem contra o Bahia e teve lapsos de bom futebol contra o São Paulo. Vencer o Atlético-PR, quarta-feira, no Mineirão, será a resposta aos cornetas de plantão, que querem ver um time paulista ou carioca na liderança do Brasileiro. Talvez porque já estamos lá "demais da conta".

Desde o ano passado o Cruzeiro é o líder do campeonato e isso incomoda alguns, que gostam de polemizar e questionar. Perguntaram ao Fábio como é levar o sétimo gol de Rogério Ceni, o que irritou o capitão cruzeirense. Jornalista inescrupuloso que quer somente tumultuar. Não me assustaria se hoje os comentários fossem no sentido de quando o São Paulo será líder. Assim como o Cruzeiro, o time paulista terá um turno para tentar ser líder, terá pela frente os mesmos adversários (logicamente nem sempre com o mesmo mando de campo) e terá chances para conseguir isso. Mas o Cruzeiro, hoje, tem quatro pontos a mais. E acredito que seja uma vantagem ainda considerável.

Em duas rodadas teremos os clássicos e o São Paulo terá o Corinthians pela frente. Jogo duro. Na próxima rodada, o São Paulo visita o Coritiba, que está na zona do rebaixamento e vai querer vencer de toda a forma, enquanto teremos o Atlético-PR no Mineirão. A diferença pode aumentar. Mas isso vai depender muito de como as equipes vão se portar. O Cruzeiro não pode se abalar com a derrota e, diante do Furacão, teremos que mostrar nossa força, transformando-os em brisa. Mas teremos que ter uma postura diferente da mostrada nos últimos dois jogos, que não foi boa. Teremos que voltar a ser Cruzeiro para calar essa mídia podre e corneta que comanda o país.


LIDERANÇA ENALTECIDA

O Cruzeiro perdeu o confronto direto para o São Paulo, nesse domingo, por 2 a 0, e viu a vantagem na liderança cair para quatro pontos. A despeito do revés, os jogadores celestes mantêm a tranquilidade e acreditam que o time pode seguir na liderança do Campeonato Brasileiro.

Eles apostam na força da equipe no Mineirão para a reabilitação no torneio. Nesta quarta-feira, o Cruzeiro enfrenta o Atlético-PR, às 19h30, no Gigante da Pampulha. Até o momento, a equipe tem 100% de aproveitamento jogando em Belo Horizonte neste Brasileiro.

O atacante Marcelo Moreno pregou tranquilidade. “O campeonato ainda está no segundo jogo do segundo turno, estamos na liderança e vamos manter o que a gente vem fazendo. Está sendo bem feito. Falta muito para acabar, vamos manter o trabalho”, analisou o boliviano.

O goleiro Fábio endossou o discurso dos companheiros. “Nós trabalhamos para ter essa vantagem. Eles aproveitaram bem as oportunidades e conseguiram o resultado, mas nada que nos preocupe, se a gente fizer nosso dever de casa”.

”A torcida está fazendo seu papel, comparecendo ao Mineirão, são sempre nosso 12º jogador, essa é nossa motivação para quarta-feira. Vamos tentar mostrar um bom futebol para sempre nos distanciarmos na ponta, vamos nos doar ao máximo contra o Atlético-PR”, completou o volante Nilton.

DERROTA DEPOIS DE 19 JOGOS

Mais do que se aproximar da liderança e esquentar a disputa do Campeonato Brasileiro, a vitória do São Paulo sobre o Cruzeiro, neste domingo, valeu também para o Tricolor quebrar uma invencibilidade de 19 partidas da Raposa, que não perdia desde maio. Por sua vez, o time paulista chegou à nona partida sem derrotas no Brasileirão.

O último revés celeste tinha ocorrido em 28 de maio, para o Corinthians. De lá para cá, foram 19 jogos disputados, sendo 12 pelo Brasileiro, dois pela Copa do Brasil e cinco amistosos durante a Copa do Mundo. Ao todo, foram 16 vitórias e três empates.

As igualdades ocorreram contra Fluminense, Botafogo e Criciúma, todas fora de casa. Os triunfos foram sobre Flamengo, Miami-EUA (duas vezes), América-MEX, Tigres-MEX, Chivas-MEX, Vitória, Palmeiras, Figueirense, Santos, Grêmio, Goiás, Santa Rita (duas vezes), Chapecoense e Bahia.

Algoz cruzeirense

O triunfo do São Paulo ampliou ainda mais a hegemonia do tricolor sobre o Cruzeiro em confrontos diretos no Brasileirão. Agora, são 29 vitórias da equipe paulista, contra apenas 10 dos mineiros, com 83 gols marcados pelos são-paulinos e apenas 52 anotados pelos cruzeirenses.